Pontos – Xangô

29/06/2016

Ponto de Trabalho

Pedra rolou Xangô
Lá na pedreira
Segura a pedra meu Pai
Na cachoeira (2x)

Tenho o meu corpo fechado
Xangô é meu protetor
Firma o ponto meu filho
Pai de cabeça chegou (2x)


Ponto de Louvação

Ô Gino olha a sua banda
Ô Gino olha o seu gongá (2x)
Aonde o rouxinol cantava
Na pedra onde Xangô morava

Ele filho da cobra coral (3x)
Kaô
Paráfita olha a sua banda
Paráfita olha o seu gongá (2x)
Aonde o rouxinol cantava
Na pedra onde Xangô morava

Ele filho da cobra coral (3x)
Kaô


Ponto de Louvação
Lá em cima daquela pedreira
Tem um livro que é de Xangô (2x)
Kaô ôôô
Xangô ôôô
Kaô kabecile


Ponto de Chamada

Kaô Xangô
Deixa essa pedreira aí (2x)

Mas a Umbanda ta lhe chamando
Deixa essa pedreira aí (2x)


Ponto de Louvação

Quem rola as pedras na pedreira é Xangô
Pedra rolou na cachoeira é Xangô
Vivo na coroa de Zambi
Vivo na coroa de Zambi
Vivo mas o rei da pedreira
é Xangô


Ponto de Trabalho

Xangô colocou pedra em meus caminhos
Mas eu não era para eu passar (2x)

Em cada pedra que xango pisava
Eu via um sonho se realizava (2x)
Pedras sobre pedras
Consegui fazer
a gruta para Oxumarê (2x)


Ponto de Trabalho

Ele bradou na aldeia
Bradou na cachoeira
Em noite de luar
No alto da pedreira
Vai fazer justiça
Pra nos ajudar (2x)


Ponto de Trabalho

Ele bradou na aldeia
Kaô kaô
E aqui vai bradar
Kaô kaô
Ele é Xangô da pedreira
Ele nasceu na cachoeira
Lá no juremá (2x)


Ponto de Louvação

Dizem que Xangô
Mora na pedreira
Mas não é lá
Sua morada verdadeira (2x)
Ele mora no horizonte, numa cidade de luz
Onde mora Santa Bárbara, Oxumarê e Jesus (2x)


Ponto de Trabalho

Por detrás daquela serra
Tem uma linda cachoeira (2x)

É de meu pai Xangô
Que arrebentou sete pedreiras (2x)

Foi água nascendo na fonte e o espinho na flor
Do seu medo escondido nasceu a coragem
De ser vencedor
Punhal na mão no peito um escudo mais fiel
De quem na terra concebeu ao céu
São sete pedreiras que ele aprendeu a quebrar
Na faísca na fúria no raio na chuva
A luz do luar
Lavou o corpo com o vinho amargo do suor
E fez do próprio bem de todos males talvez o menor


Ponto de Trabalho

Veja que pedreira linda
É a morada de meu pai Xangô
Ele é o rei da justiça
Meu pai de fé meu protetor
Quando me encontro perdido
A ele peço sua proteção

Sinto logo um grande alivio
E lhe rezo firme uma oração (2x)

Ele é meu pai
É meu senhor
É meu braço forte é meu pai Xangô (2x)

Uma oferenda eu faço
E levo na pedreira pra lhe ofertar
Um buquê de lírios brancos
Uma gamela com seu amalá
Peço paz para a humanidade
E que todos possam se encontrar

Esse é o pedido que faço a meu pai de fé Xangô Airá (2x)

Ele é meu pai
É meu senhor
É meu braço forte é meu pai Xangô (2x)


Ponto de Trabalho

Se eu errei, aqui estou
Pedindo Maleme meu pai Xangô (2x)
Mandai a faísca de um raio pra me iluminar
Segure a pedra na pedreira não deixa rolar

Xangô Kao meu pai,
Os seus filhos bambeiam, mas não caem (2x)


Ponto de Trabalho

Ouvi Um trovão na pedreira
Ouvi
Clareou toda a terra
Eu vi
Passarada a revoar
Senti uma alegria tão grande
Ao ver aquela imagem que logo reconheci
Chorei, implorei por justiça
Pai Xangô eu sou seu filho
Olha o meu caminhar

Oh Pai, não me deixe andar sozinho
Que ao lado do Senhor Prometo que vou sempre estar (2x)

Kaô Pai Xangô
É o meu pai É o meu guia e protetor
Kaô Pai Xangô
todos seus filhos Lhe adoram com amor
Senhor da justiça e verdade
Com a sua machadinha
As mirongas vai cortar.
Sentado em seu trono coroado
Tire as pedras do caminho por onde eu vou passar


Ponto de Demanda

ELE VEM DE ARUANDA
ELE VEM TRABALHAR
ELE VENCE DEMANDA
ELE É SEU ARYRÁ (2x)
KAO, KAO, KAO, KAO
A JUSTIÇA CHEGOU
XANGO


Ponto de Trabalho

NO ALTO DA PEDREIRA
XANGO ESCREVEU O SEU NOME (2x)

ELE É XANGO
XANGO, XANGO AYRA
QUE A SEUS FILHOS
ELE VEIO ABENÇOAR (2X)
XANGO É O REI DA PEDREIRA
REI DO TROVÃO E DA JUSTIÇA VERDADEIRA
XANGO MEU PAI, SUA PROTEÇÃO
PARA OS SEUS FILHOS QUE PEDEM
SUA BENÇÃO (2X)


Ponto de Trabalho

PEDRA ROLA DA PEDREIRA
EM CIMA DE QUEM ERROU
JUSTIÇA QUEM FAZ É ELE
POR QUE ELE É XANGO (2X)

COM SEU LEÃO DO LADO
COM SEU MACHADO NA MÃO
ELE CORTA MIRONGA
PRA SEUS FILHOS DA PROTEÇÃO

JUSTIÇA MAIOR É DE MEU PAI XANGO
JUSTIÇA VERDADEIRA
O SEU BRADO É TÃO ALTO
ECOA NA PEDREIRA (2X)


Ponto de Trabalho

XANGO MEU PAI NA UMBANDA
VEM DE ARUANDA ELE É MEU ORIXA
NO ALTO DE UMA PEDREIRA
ELE FAZ JUSTIÇA, PRA SEUS FILHOS AJUDAR (2X)

XANGO, NA SUA ALDEIA
NÃO HÁ MAUDADES
SÓ O AMOR PODE REINAR
TÚ ME ENSINASTES A
FAZER A CARIDADE
E PELA TERRA
A UMBANDA EXALTAR
MEU PAI COM SUA MACHADA
ELE NÃO ATACA
É SÓ PARA ME GUARDAR
E NO SEU LIVRO ELE
ESCREVA O MEU DESTINO
MEU PAI XANGO
ILUMINA MEUS CAMINHOS

ELE É XANGO
KAÔ, KAÔ
VENCEDOR DE DEMANDA
ELE É MEU PROTETOR (2X)


Ponto de Louvação

XANGÔ É REI
É REI DE NAGÔ (2X)
BATE PALMAS PRA COROA DE XANGÔ [4X]


Ponto de Trabalho

Meu Pai , Meu Senhor
De joelhos eu peço a ti Pai Xangô .
Que me mande a faísca de um Raio Divino
Defender meu Terreiro de um mal protetor (2x)

Eu vi chover , chover
vento que balanceou , balanceou
Vento bateu na pedreira
Foi de encontro à cachoeira,
Água rolou (2x)


Ponto de Louvação

Ele é Xangô das Almas (4x)

Oh Almas, oh minhas almas
seu Agodô que venha nos valer (2x)


Ponto de Demanda

Meu pai São João Batista é Xangô
Ele é dono do meu destino até o fim (2x)

Se um dia me faltar a fé no meu senhor
Derruba essa pedreira sobre mim (2x)